Objetivo atingido. Após sofrer uma derrota por três a um para o Novo Prata no jogo da ida da semifinal da terceirona, o time do capitão Xandy precisava vencer por, no mínimo, dois zero para chegar à decisão.

Em uma partida sem ressalvas, os alvirrubros atingiram o objetivo e disputam a final com o Gaúcho, de Passo Fundo.

A pressão necessária foi imposta desde os primeiros minutos. Só o Guarany atacava. O sistema defensivo do Nova Prata somente dava balões para todos os lados, sem causar qualquer susto. Logo aos dez minutos, o Guarany já mostrou a que vinha. Lançamento para área e Welder escorou para Bruno Barbosa, que chutou seco, rasteiro e no canto de Davi, abrindo o placar.

A partir deste momento, o que se viu foi um jogo de ataque contra defesa. O bombardeio alvirrubro aconteceu de várias formas e praticamente com todos os jogadores possíveis. O Nova Prata, quando não conseguia afastar a bola, cometia sucessivas faltas, o que culminou com um atleta a menos em campo, antes do intervalo.

No segundo tempo, o domínio foi mais visível ainda. O Nova Prata, durante todo o período, passou do meio campo apenas uma vez com a bola no pé. Fora isto, só chutões sem coordenação. Mais uma vez, foram várias as tentativas.

Elias, Welder, Cris Magno e Baggio concluíram e poderiam ter ampliado. Mas a justiça do que ocorria em campo, aconteceu. Em uma confusão inexplicável dentro da área, com vários chutes para todos os lados, a bola sobrou praticamente em cima da linha para Welder que concluiu para marcar.

A festa tomou conta do Estrela D`alva. Em um escanteio para o Nova Prata, o goleiro Davi foi para a área. Ao afastar a bola, um belo contrataque do Guarany se desenhou até chegar aos pés da Tainã, que chutou quase do meio do campo. Mas a defesa conseguiu tirar no último segundo, evitando o terceiro gol.

Após o apito final, o estádio explodiu de alegria e a torcida não saiu do alambrado enquanto o último jogador não desceu para o vestiário.

O Guarany jogou com Bernardo, Bruno Freitas (Carlos Gatto), Baggio (Tainã), Xandy e Gustavo Nogy; Elias, Bruno Barbosa, Cris Magno e Cristian Fabian; Castillho (Ângelo) e Welder.

O primeiro jogo da final acontece já nesta quarta-feira, em Bagé. A partida será contra o Gaúcho, a partir das 20h.

BIGtheme.net http://bigtheme.net/ecommerce/opencart OpenCart Templates

© 2016 SIGA Sistemas

Guarany Futebol Clube

Rua Gaspar Silveira Martins, 70
Bagé-RS | Brasil
contato@guaranyfutebolclube.com.br